10 cuidados com a saúde para priorizar em 2021

18 minutos para ler

Um novo ano chegou, e, com ele, novas oportunidades. Aproveitar essa época para refazer os planos e reorganizar o tempo, priorizando cuidados com a saúde, é essencial. Afinal, ter uma rotina de cuidados para manter a saúde mental e física em dia é sinônimo de mais bem-estar e qualidade de vida.

Pensando nisso, selecionamos algumas práticas para ajudar você a conquistar esse objetivo neste ano que se inicia. Para entender a importância dos cuidados diários para garantir que seu corpo e mente permaneçam em equilíbrio, confira nossas 10 dicas para promover a manutenção da sua saúde e alcançar uma longevidade mais ativa e saudável.

Aproveite a leitura!

1. Adote os cuidados sanitários necessários

A pandemia de Covid-19 trouxe algumas preocupações, mas também proporcionou novas experiências e a chance de grandes aprendizados. Entre outros pontos positivos, destaca-se a oportunidade de rever atitudes, moldar o comportamento e adotar cuidados especiais em defesa da própria saúde e da de quem está ao redor.

Por meio de medidas simples de higiene e do distanciamento social, foi possível reduzir a propagação da doença e preservar a vida. No entanto, mesmo que a vacina já esteja a caminho, a manutenção dos cuidados sanitários é crucial na luta pelo controle da pandemia.

Tendo isso em vista, listamos algumas medidas essenciais — e que devem ser observadas — para evitar complicações à saúde e um agravamento desta nova crise mundial. Confira!

Use máscara

O uso de máscara é um hábito antigo em países orientais como China e Japão, mesmo se não houver pandemia. Ela é útil para evitar a contaminação por doenças transmissíveis pela troca de fluidos respiratórios. Também deve ser usada em locais fechados e com pouco ar circulante. Logo, a máscara é fundamental para evitar a disseminação da Covid-19.

Lave bem as mãos

Neste cenário de mudanças de hábitos impostas pela necessidade de combater o novo coronavírus, ficou claro que o contato com objetos contaminados pode, sim, levar ao desenvolvimento da doença. Assim, lavar as mãos frequentemente é uma prática que não pode ser esquecida.

Porém, mesmo sem pandemia, o hábito de manter as mãos sempre limpas é crucial para a prevenção de diferentes doenças. Por tal razão, é importante aproveitar as exigências das instituições sanitárias para cultivar essa prática e proteger a saúde.

Vale ressaltar que a higienização com álcool em gel é importante como um hábito complementar à lavagem das mãos. O álcool 70% é recomendado apenas em situações em que não for possível lavar as mãos com água e sabão, pois ele deve ser utilizado, prioritariamente, para limpar objetos que são compartilhados com outras pessoas.

Não despreze o distanciamento social

Um dos maiores desafios da luta contra a Covid-19 é manter o isolamento social. Ficar afastado de pessoas do convívio ou, mesmo, dos familiares é difícil, mas é um ato que envolve responsabilidade com a vida. Portanto, é necessário seguir essa importante recomendação para reduzir o risco do contágio.

Um dos ensinamentos da pandemia foi o estímulo à capacidade de moldar hábitos individuais em defesa da vida e para a proteção da saúde coletiva. Logo, não sair de casa nos horários de pico e evitar aglomerações desnecessárias é fundamental para controlar a disseminação da doença e promover o seu efetivo controle. 

2. Tenha uma boa alimentação

Alimentar-se bem é fundamental para garantir a energia necessária ao bom funcionamento do organismo e manter a saúde. Entretanto, a escolha dos alimentos e o caráter nutricional de cada um deles faz toda a diferença. Além disso, o cultivo de bons hábitos alimentares precisa ser incentivado desde a infância, para se alcançar a fase adulta com mais saúde.

O estilo de vida contemporâneo contribui para mudanças no padrão alimentar, o que aumenta a vulnerabilidade a diversas enfermidades. Nesse contexto, a escolha do que vai à mesa é parte importante de um processo que determina o estado de saúde em diferentes etapas da vida.

Sob essa ótica, enumeramos algumas práticas alimentares que podem ajudar na preservação da saúde. Confira!

Mude sua visão sobre os alimentos

Antes de definir o que vai consumir diariamente, é essencial entender que a maneira como você olha para a comida determina o efeito que ela terá em seu corpo. Por isso, um dos aspectos mais relevantes da reeducação alimentar é buscar uma relação mais positiva com os alimentos.

Neste novo ano, procure ser mais feliz à mesa e consuma aquilo de que gosta, mas priorize o equilíbrio em cada refeição. Cuide do seu prato e foque o que é necessário para a saúde, sem medos e sem dar lugar às neuroses que podem acompanhar as dietas.

É preciso melhorar, portanto, a sua visão sobre o papel de cada alimento. Então, estude sobre o valor nutricional e os benefícios dos itens que costuma consumir. Não queremos dizer, com isso, que você deva cultivar sentimentos de culpa ou negatividades em relação às suas preferências, apenas que vale ter em mente a importância de garantir o equilíbrio sempre.

Capriche na primeira refeição

Independentemente do horário, a primeira refeição é especialmente importante. Para quem mantém hábitos regulares de café da manhã, comer bem logo cedo faz toda a diferença: garante a energia para as atividades do dia e evita a tentação de “beliscar” e ingerir calorias extras antes do almoço. 

Controle a impulsividade

Prezar pela moderação é um dos aspectos cruciais para atingir objetivos como a manutenção do peso corporal e a redução do risco de doenças crônicas. Logo, a mudança na qualidade da alimentação — e o bom senso — possibilitam o controle dos impulsos e que se possa comer aquilo de que se gosta sem prejudicar a saúde.

Evite alimentos industrializados

Os alimentos processados industrialmente devem ser evitados, pois são pobres em nutrientes e têm oncogenes em sua composição. Oncogenes são elementos promotores do câncer. Assim, produtos como salsicha, linguiça, presunto, enlatados em geral e refrigerantes devem ficar fora da dieta.

Beba mais água

A boa hidratação é um dos principais cuidados com a saúde e que possibilita a realização das funções vitais. Atividades orgânicas como a digestão, circulação e excreção ficam prejudicadas sem a presença de água em abundância. Por isso, analise se está ingerindo a quantidade de água necessária para o seu corpo funcionar corretamente.

3. Vença o sedentarismo

cuidados com a saúde

Aliada à alimentação de qualidade, a realização de atividades físicas é importante para a promoção da saúde. Durante a prática de exercícios, o cérebro produz endorfinas, as famosas “substâncias do bem”. Entre outros benefícios, elas são essenciais ao bom humor, ao fortalecimento da imunidade e à melhoria da qualidade do sono.

Precisa de um incentivo para começar a se exercitar e vencer o sedentarismo? Acompanhe as sugestões abaixo!

Organize a sua agenda

A organização da agenda é primordial para manter uma rotina de cuidados com a saúde e superar o sedentarismo, que se tornou mais evidente neste período de pandemia. É preciso ficar atento para não utilizar a necessidade de isolamento social como desculpa para ficar parado.

Para que isso não aconteça, tente reservar alguns momentos da agenda para se exercitar. Se não puder frequentar uma academia, veja a possibilidade de caminhar em um parque público ou de nadar tranquilamente em uma piscina de clube. Há muitas opções de vídeos e tutoriais online para ajudar quem precisa começar a movimentar o corpo.

Escolha atividades de que gosta

Mesmo que seja necessário, nem todos gostam de praticar exercícios ou algum esporte. Ainda que isso não seja muito atrativo para você, experimente alguma modalidade diferente. Certamente, vai descobrir alguma atividade agradável.

Procure, então, fazer atividades que lhe pareçam mais agradáveis, mesmo que seja difícil no início. Existem boas alternativas que podem ser adaptadas ao seu tempo e performance. Se ficar desmotivado, pense nessa prática como um processo de promoção de sua saúde e bem-estar, cujos resultados serão permanentes.

Exercite-se em casa

Se você integra o grupo de risco e não pode mesmo frequentar uma academia, parques ou clubes esportivos, fazer atividades em casa pode ser uma ótima alternativa. O importante é cuidar do corpo e da mente, principalmente neste cenário de pandemia, que exige mais cuidados com o bem-estar emocional.

Busque orientação profissional

Antes de começar a praticar atividades físicas ou desportivas, recomenda-se uma avaliação com um médico ou profissional de educação física. Estar amparado por profissionais é uma forma segura de se exercitar. Além do mais, esses especialistas lhe indicarão a maneira correta de começar e quais são as modalidades mais indicadas para você. 

4. Controle a ansiedade e a depressão

Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou um relatório afirmando que 5,8% da população brasileira sofre com depressão. Problemas relacionados à ansiedade também são preocupantes e estão aumentando a cada dia. Tais estatísticas exigem a adoção de medidas mais eficazes para frear o impacto desses distúrbios sobre a saúde.

Abaixo, listamos algumas práticas que podem ajudar no controle desses problemas. Observe com atenção!

Cuide da mente

Para vencer a ansiedade e minimizar os riscos de desenvolver crises depressivas, é necessário buscar ações que favoreçam a estabilidade mental. Algumas práticas simples podem trazer bons resultados e tornar a rotina mais tranquila. Reserve um tempo para meditar, evite pensamentos negativos e mantenha a concentração em suas metas mais importantes. E não se esqueça de realizar exercícios físicos!

Peça ajuda, se necessário

Muitos que enfrentam transtornos psiquiátricos ou psicológicos têm vergonha de pedir ajuda. Tal atitude contribui para piorar a situação, pois, com o tempo, a tendência é o acúmulo de sentimentos depressivos. Lembre-se de que não há mal nenhum em buscar apoio de profissionais aptos a auxiliá-lo a lidar com essas questões.

5. Melhore a qualidade do sono

Priorizar a qualidade do sono é um dos componentes fundamentais dos cuidados com a saúde. Dormir bem não apenas recarrega suas energias, como contribui para elevar o bem-estar e promover o bom funcionamento de seu corpo.

Quer saber como prezar pela qualidade do sono? Acompanhe!

Invista na higiene do sono

Pelos benefícios que representa, entender o conceito de higiene do sono pode ajudar bastante quem tem problemas para dormir. Por definição, esse termo é associado a todos os fatores que contribuem para melhorar a saúde por meio do descanso. Isso significa que você deve estar atento aos pontos que influenciam a dinâmica do sono.

Questões associadas ao ambiente, como silêncio, luminosidade, temperatura do quarto e ventilação, são primordiais. Outros aspectos, como o tipo e a densidade do colchão, altura e tamanho do travesseiro e a qualidade das roupas de cama, também devem ser observados.

Tenha horários fixos para dormir e acordar

Além dos fatores físicos que envolvem a higiene do sono, há outras particularidades. Ao organizar a sua agenda de modo que consiga dormir sempre nos mesmos horários, você estimula o cérebro a liberar hormônios importantes para promover o relaxamento mental e o descanso físico sempre perto da hora de dormir.

Por isso, dormir e acordar sempre nos mesmos horários é essencial para criar uma rotina de sono mais saudável. No início, pode até parecer difícil, mas é perfeitamente possível adaptar a agenda e, aos poucos, estabelecer tais hábitos. Toda mudança requer esforço e determinação para superar os desafios e atingir as metas.

6. Faça um check-up médico

O check-up médico deve ser feito por pessoas de todas as idades, pois esse cuidado com a saúde é essencial ao diagnóstico precoce de doenças, dando mais tranquilidade e efetividade ao tratamento, caso haja necessidade.

Destacamos algumas práticas que ajudam a manter a visita regular ao médico. Confira!

Elabore um cronograma de visitas ao médico

Mesmo as pessoas que têm um estilo de vida saudável devem fazer uma consulta médica anualmente. Já para os pacientes que apresentam problemas crônicos, como doenças autoimunes, diabetes e hipertensão arterial, o ideal são duas vezes ao ano. 

Uma das formas de não se esquecer de fazer esse monitoramento é elaborar um cronograma com as datas previstas para a realização do check-up. Ter esse cuidado é primordial para evitar o desenvolvimento de diversas doenças, principalmente as assintomáticas.

Ouça as demandas do seu corpo

Uma das dicas mais relevantes em cuidados com a saúde é a motivação para que todos se tornem protagonistas da própria vida. Isso significa que é necessário prestar atenção a si mesmo para perceber quando o corpo emite sinais de que algo não está bem e procurar ajuda.

Assim, fazer um check-up completo com o médico todos os anos é uma das formas de evitar surpresas ao descobrir doenças em fases mais graves. É esse o significado de medicina preventiva.

7. Cuide da sua vida sexual

Exercitar o autoconhecimento e o autocuidado gera benefícios substanciais à saúde e ao bem-estar geral. Por esse motivo, listamos algumas sugestões que podem promover a saúde do homem e da mulher. Veja quais são!

Faça sexo seguro

Manter relações sexuais constantes é importante para a saúde emocional, mental e física. No entanto, esses benefícios só serão percebidos se o sexo for feito de modo seguro. O uso de preservativos não só previne gravidez indesejada, como reduz o risco de contaminação por diversas doenças, inclusive o HIV e o HPV.

Busque ajuda profissional, se for preciso

Entre outras razões, homens e mulheres devem priorizar cuidados com a saúde sexual para minimizar as chances de desenvolver os tipos de câncer relacionados a atividades sexuais. Os mais comuns são o câncer uterino e o de próstata, devido à influência do HPV, um vírus que é transmitido sexualmente.

A realização anual de exames ginecológicos — como o Papanicolau e o teste de PSA — pode fazer uma diferença significativa para a saúde feminina e masculina, respectivamente. Pessoas com idade acima de 50 anos não podem ignorar esses cuidados.

8. Esteja atento à saúde bucal

Dizem que a boca é a vitrine do corpo. Verdade ou não, o importante é priorizar cuidados com a saúde dos dentes. Quer saber como garantir a beleza e o brilho do seu sorriso? Conheça nossas dicas!

Vá ao dentista regularmente

Manter a saúde dos dentes não deve ser visto apenas como um fator estético, mas como uma necessidade. Visitar o dentista periodicamente é uma prática que contribui para prevenir diversos problemas odontológicos. Algumas doenças bucais, como a periodontite, podem evoluir para complicações cardíacas e pulmonares.

Evite o consumo de massas

Se você não está com sua escova de dentes disponível, o ideal é evitar o consumo de massas, pois elas prejudicam a saúde bucal. Ao contrário do que muitos pensam, os doces não são os únicos vilões dos dentes. 

Massas, pães e pizzas, assim como todos os alimentos com farinha de trigo, elevam o risco de formação de placas bacterianas e cáries. Durante o processo de digestão, esses produtos se transformam em carboidratos, que são uma forma de açúcar que aumenta o desenvolvimento de diferentes problemas que comprometem a saúde dos dentes.

Capriche na higiene bucal

A escovação correta e o uso do fio dental são as maneiras mais seguras de garantir a manutenção da saúde da boca e dos dentes. A orientação do dentista é escovar os dentes após as refeições, especialmente se elas incluírem alimentos que contenham carboidratos, como massas, frutas e doces.

9. Opte por um estilo de vida saudável

Destacamos algumas ações em prol de um estilo de vida mais tranquilo e saudável. Confira!

Abandone hábitos prejudiciais

Além da alimentação inadequada e do sedentarismo, existem outras práticas que também não combinam com cuidados com a saúde. Assim, evite o consumo de cigarros e de álcool, para evitar doenças crônicas associadas ao uso dessas substâncias.

Seja leve e releve

Mesmo neste momento em que se exigem maiores cuidados para reduzir a propagação do novo coronavírus, é preciso minimizar o estresse e viver com mais leveza. Então, fuja da tensão causada pelas fake news e do impacto negativo das redes sociais. Também busque ignorar certas situações e releve o que não gera projeções positivas.

Pratique a resiliência

A resiliência pode ser entendida como a capacidade de contornar situações difíceis e de solucionar problemas para se recompor. Procure reprogramar o seu cérebro para não ser afetado por emoções negativas, ódio ou rancor. Tal prática é essencial para a promoção de cuidados com a saúde.

10. Planeje o futuro, mas viva o agora

Nosso artigo está chegando ao final, mas ainda há tempo para algumas sugestões de como cuidar da saúde de forma integral neste novo ano!

Aproveite o presente

Evite viver focado somente no futuro, pois tal atitude pode levá-lo a se esquecer de aproveitar o agora. Assim, seja organizado e focado em seus objetivos, mas não se deixe dominar pelas preocupações. Concentre-se no presente e aproveite as oportunidades que a vida proporciona hoje.

Invista tempo para cuidar de você mesmo

Em meio à rotina apertada, os cuidados consigo mesmo não podem ser negligenciados. Separe um tempinho na semana para dedicar a você: faça um passeio com alguém especial, cuide de sua beleza ou tenha momentos reservados para descansar.

Dedicar tempo para o autocuidado ajuda a renovar a mente e traz mais leveza para a alma. Aproveite esses momentos para investir naquilo que estimula a conexão entre mente e corpo, fortalece o lado emocional e promove o bem-estar.

Foque suas prioridades

Focar as prioridades é essencial para manter-se organizado e cumprir as metas propostas para o novo ano. Assim, procure dar ênfase ao que for mais importante e se esforce para não deixar nada para trás. O tempo passa rápido demais, o que exige múltiplas habilidades para controlar a rotina e priorizar a atenção à saúde física, mental e emocional.

Trabalho, família, vida social e lazer. São muitos compromissos, e nosso bem-estar ao frequentar cada um desses âmbitos de nossa vida depende de uma boa gestão do tempo, para que todas as responsabilidades sejam cumpridas, e as necessidades básicas, supridas. 

Afinal, ainda que todas essas frentes sejam importantes, definir prioridades ajuda a atingir o equilíbrio e viver melhor.

Seja grato

Cultive sentimentos nobres como a gratidão e o perdão. Praticar a gratidão é um exercício de voltar o olhar para aquilo que temos e reconhecer o seu valor em nossa vida. O perdão, por sua vez, atua na intenção de focar aquilo que realmente pode ser realizado, deixando de buscar culpados e de nutrir sentimentos negativos e que tendem a não levar a nada, como a raiva. 

Este momento de luta contra a pandemia do coronavírus, que já derrotou milhões no mundo, exige reflexão e resiliência para encontrar caminhos que fortaleçam os pilares internos e renovem a esperança. Nesse contexto, ser grato pela vida faz diferença.

Podemos concluir, por fim, que são muitas as alternativas que promovem cuidados com a saúde. Esperamos que essas dicas sejam úteis para ajudar você a atingir seus objetivos em 2021. Igualmente relevante é ter mais entusiasmo e perseverança para alcançar a plenitude e viver melhor a cada dia.

O que achou deste conteúdo? Compartilhe-o nas redes sociais, para que seus contatos também tenham a oportunidade de aplicar essas dicas!

Posts relacionados

Deixe um comentário